Aposto que você se lembra muito bem de algum livro lido na sua infância. Não, eu não estou falando daqueles livros que você era obrigado a ler nas aulas de literatura, quando Machado de Assis ainda era somente um cara das antigas que escrevia de forma rebuscada e que você só lia porque precisava escrever um resumo sobre.

Estou falando daqueles livros da infância mesmo. “O menino do dedo verde”, “O pequeno príncipe”, “O bichinho da maçã”, “A droga da obediência”, “Reinações de Narizinho” entre outros. Bateu saudades, né?

 

Os livros sempre abrem portas para novos mundos e é quando criança que esse bichinho da leitura precisa ser mordido. Afinal, é através da leitura desses livros que os primeiros valores morais e as lições de vida são compreendidos.

 

Baseado nesta premissa, que somos moldados com o que lemos, o governo de Yokohama no Japão criou uma campanha educativa muito bacana para estimular a leitura infantil. Utilizando livros infantis como se fossem crianças, os japoneses querem passar a ideia de que somos o que lemos.

criança de livro 1 criança de livro 2 criança de livro 3 criança de livro 4

 

As esculturas são acompanhadas de pequenos dizeres como “Leia um livro e veja o mundo diferente”.

A idéia da campanha da Dentsu Tokyo é recrutar novos leitores e assim facilitar o conhecimento e desenvolvimento desses pequenos japoneses.

Gostou? Então compartilhe!!!!

 

*Autor: Leandro Crespo Ziotto, empreendedor e fundador do Portal 4Daddy. Texto adaptado/fonte: AWEBIC. Link original: http://bit.ly/1iIbzJZ

 

Facebook Comments