Aprenda a fazer uma lancheira saudável para seu filho(a)

A hora do lanche na escola é uma parte importante do cardápio infantil, e pode ser uma excelente estratégia não só para garantir a alimentação saudável e balanceada no ambiente escolar, mas também para estimular o consumo de alimentos novos, graças à companhia dos amigos. Muitas escolas hoje em dia já oferecem o lanche e não permitem que a criança leve sua própria lancheira. Mas, se este não é o seu caso e esta tarefa depende da sua criatividade, o segredo é fazer com que a lancheira seja, ao mesmo tempo, saudável, completa e gostosa. Além disso, você deve garantir que o alimento esteja seguro para o consumo na hora do recreio, sem risco de estragar.

Dica: A lancheira precisa ser térmica. Mesmo que a escola ofereça a opção de guardar os alimentos em geladeira, os alimentos podem estragar no caminho.

lancheira

O segredo é fazer uma lancheira, ao mesmo tempo, saudável, completa e gostosa.

Procure escolher um alimento de cada um dos itens abaixo:

Líquidos

Podem ser sucos naturais/integrais, ou chás de ervas, gelado ou quente, água de coco, leite, iogurtes, ou até água. Desde que acondicionados corretamente em garrafas térmicas ou garradas próprias. Se optar por opções industrializadas UHT, preste atenção nos rótulos e evite os produtos com conservantes, açúcar e corantes artificiais. Atenção também para o teor de sódio. Evite refrigerantes e águas aromatizadas gaseificadas a todo custo!

Frutas/vegetais

As mais práticas são as que podem ser consumidas com casca ou cuja casca pode ser retirada com facilidade como maçã, banana, uva, mexerica e etc. Frutas e vegetais desidratados ou em chips assados são uma boa saída. Procure mandar uma fruta diferente por dia.

Carboidratos+proteínas

Escolha alimentos integrais como pães, torradas e bolachas sem recheio. Até pipoca vale, menos a de micro-ondas. Castanhas, nozes e sementes secas também são uma boa opção. Ofereça complementos como queijos, requeijões, creamcheese, patês, geleias e etc. Sempre em papel alumínio. Evite embutidos, maionese, patês a base de peixes e ovos, principalmente em dias quentes.

receitas-saudaveis-ebook

Atenção!

>> Evite alimentos industrializados, como bolachas recheadas, balas, chicletes, pirulitos, salgadinhos, frituras, etc. Eles não estão proibidos, porém não devem ser rotina. Não recompense o bom comportamento do seu filho com guloseimas nos lanches.

>> Para manter a higiene na lancheira, lembre-se de deixar os alimentos longe dos materiais escolares. Para que o aroma dos alimentos não mude o sabor das frutas, guarde tudo separado e bem embalado. Mande as frutas já higienizadas e secas (ou já em porções, dentro de recipientes plásticos com tampa e térmicos), e envolva o sanduíche em papel filme plástico (alumínio, se tiver recheios perecíveis).

*Autoras: Parceria do site de assessoria nutricional Mestre Cook Assessoria.

Aline Rissatto, Nutricionista e gastróloga, formada pelo C. Univ. São Camilo e certificada pela escola de gastronomia Le Cordon Bleu – Paris, em Cuisine e Pâtisserie. Pós graduada em Cozinha Brasileira pelo SENAC. Docente do curso de gastronomia da Faculdade Mário Schenberg. Atuou por 3 anos em projetos de educação nutricional e sustentável para escolas públicas e particulares de São Paulo, com oficinas culinárias infantis em parceria com profissionais formados em técnica clown pelos Doutores da Alegria. Ministra cursos áreas de nutrição e gastronomia, além de realizar eventos gastronômicos. Autora das receitas do livro “Gourmet & Sustentável: Cozinhando com as Partes não Convencionais dos Alimentos”. Apresentadora do programa “Receita de Família”, transmitido pela TV Cultura. 

Maria Beatriz, Chiaradia, Nutricionista e mãe do Lorenzo (alérgico à proteína do leite de vaca). Graduada pelo Centro Universitário São Camilo, especialista em Nutrição Clínica em Pediatria pelo Instituto da Criança (HC-FMUSP). Possui cursos de amamentação e de educação nutricional na infância e adolescência. Trabalhou durante 6 anos na área hospitalar; atualmente faz acompanhamento nutricional em consultório para o público materno-infantil, adultos e idosos. Sua principal área de atuação é alimentação infantil – do nascimento à adolescência, alergias e intolerância alimentares, nutrição aplicada às doenças e vegetarianismo.

Rachel Machado, Nutricionista, formada pelo C. Univ. São Camilo, especialista em Nutrição clínica (HC-FMUSP) e pediatria (EPM/UNIFESP), Mestre em Ciências da Saúde e doutoranda em Pediatria (EPM/UNIFESP). Docente do curso de pós graduação em Nutrição Materno-Infantil do Instituto de Metabolismo e Nutrição (IMEN) e parte da equipe do Centro de Dificuldades Alimentares do Instituto PENSI/Hospital Infantil Sabará, estuda e coordena pesquisas nas áreas de dificuldades alimentares na infância, obesidade infantil e alimentação saudável na adolescência. Atua também no atendimento clínico de público materno-infantil.

camisetas 4daddy

 

Facebook Comments